Planejamento Financeiro e Tomada de Decisão

Como fazer o planejamento de receitas:

Primeiro passo: definir os dias com maiores vendas na unidade.
Segundo passo: verificar quantos dias normais e quantos dias de fins de semana (e feriados) têm o mês.
Terceiro passo: checar a média de vendas em dias normais, em fins de semana e feriados, por tipo/local de atuação, com base no histórico.
Quarto passo: multiplicar as médias de vendas pela quantidade de dias (normais, feriados e fins de semana, respectivamente).
Esta é a forma mais simples. Mas você pode sofisticar essa fórmula conforme pegar familiaridade com os números ou com a qualidade do seu histórico (ex.: adicionar sazonalidade à mistura, levantando médias por períodos ou meses específicos; identificar tendências de aumento ou queda nas vendas conforme a quinzena do mês ou a previsão do tempo, influência das promoções etc.).

 

PARA REALIZAR O PLANEJAMENTO DE DESPESAS E INVESTIMENTOS, CONSULTE O HISTÓRICO DO DRE:

  • Identifique as despesas fixas e procure adotar um índice econômico de atualização (por exemplo: inflação).

  • Analise as despesas variáveis e procure identificar a tendência de aumento ou diminuição dos percentuais em relação ao faturamento projetado.

  • Verifique a situação dos equipamentos e instalações e avalie vida útil e necessidades de substituição/reforma para programar os investimentos. Vale a pena contatar os fornecedores e pedir estimativas, se necessário.

Ao montar o seu orçamento anual, divulgue as metas mensais para toda a equipe, sempre no 1o dia do mês. Uma boa forma de envolver e motivar a equipe no cumprimento das metas é utilizá-las como critério para premiações ou melhorias na remuneração variável.

ROTINA DE GESTÃO:

  • Acompanhe a evolução mensal das contas de receitas, despesas, investimentos e lucro.

  • Confronte o realizado com as metas orçadas.

  • Reúna a equipe semanalmente para discutir o desempenho em relação às metas.

  • Proponha ações para melhoria dos índices.

  • Acompanhe o resultado das ações.

  • Verifique as previsões de saldos futuros no Fluxo de Caixa.

  • Avalie, em conjunto com o Fluxo de Caixa, os destinos para o lucro obtido: investimento em melhorias, aplicações financeiras ou novos negócios, reservas de capital de giro para retirada para os sócios.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DESSA PRÁTICA:

  • Conscientização de que você é um empresário, responsável pelo sucesso de seu negócio;

  • Faz com que você tome contato constante com as competências de Planejamento e Execução;

  • Adquirir disciplina para pensar sobre questões importantes e estratégicas para o negócio antes de agir por impulso;

  • Estimula a ação para atingir os objetivos traçados.

Serviços em destaque

Últimos podcasts

Continuar ouvindo
Hipster Ponto Tech

Hipster Ponto Tech

Papo de Gestão

Papo de Gestão

Like a Boss

Like a Boss

NerdCast

NerdCast

FodCast

FodCast

Do Zero ao Topo

Do Zero ao Topo

Sobre nós

Marketplace

Falar com um Analista

Acompanhar nossas novidades