Já pensou como seria ter um parceiro realmente focado no seu negócio?

Para você que já tem uma empresa confira nossas soluções que facilitam a burocracia e ajudam você a vender mais.

Navegar pela Stegia

Tudo que a sua empresa precisa em um só lugar!

Abertura

Executamos todo o processo de abertura, do estudo de viabilidade ao apoio e suporte na emissão da primeira venda.

Contabilidade

Atendimento com gerente dedicado, uma equipe exclusiva, com um processo simples e digital, uma contabilidade 360º para o seu negócio.

Tecnologia

Aliamos o que existe de melhor em tecnologia, muita gente boa e inteligente, para oferecer o melhor serviço de contabilidade.

Entenda antes de contratar!

Somos especializados em fornecer serviços corporativos, e quando se fala em contabilidade, essa é a nossa casa.

Consulta de Viabilidade

Realizamos todas as pesquisas para validar a abertura da sua empresa e a documentação necessária.

Contrato Social

Elaboramos o Contrato Social conforme sua estrutura societária e premissas do seu modelo de negócio.

Junta Comercial

A documentação é protocolada na Junta Comercial e o seu CNPJ é emitido.

Inscrição Estadual

Se a sua empresa for um comércio deixamos tudo pronto com a secretaria da fazenda estadual.

Prefeitura

Todo o cadastro será realizado na prefeitura e sua empresa estará pronta para começar a vender.

Alvarás

Por fim, todos os processos necessários para a emissão dos alvarás de localização, ambiente e funcionamento.

Quer saber
mais sobre o MEI?

Sair da informalidade sem burocracia e a um baixo custo

Ter um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e acesso a produtos, serviços bancários e crédito diferenciado

Poder emitir nota fiscal para outras empresas e para o governo

Benefícios da previdência (INSS) como auxílio-doença, aposentadoria por idade e invalidez, salário-maternidade, pensão e auxílio reclusão

Obrigações:

a. Emitir e pagar as guias de impostos todos os meses sem atraso (algo entre R$ 60 e 70 reais por mês);

b. Fazer um controle mensal do seu faturamento;

c. Fazer a Declaração Anual de Faturamento da empresa uma vez por ano.

Agendar demonstração

O que é
Simples Nacional?

É um regime compartilhado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos aplicável às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte

Abrange a participação de todos os entes federados (União, Estados, Distrito Federal e Municípios)

Para o ingresso no Simples Nacional é necessário o cumprimento das seguintes condições:

a. Enquadrar-se na definição de microempresa ou de empresa de pequeno porte;

b. cumprir os requisitos previstos na legislação;

c. formalizar a opção pelo Simples Nacional.

Abrir minha empresa agora

Contabilidade

Serviços inclusos em nossos contratos. Você pode contar com nosso time para ajudar o seu negócio com:

Contábil

Classificação e escrituração da contabilidade de acordo com padrão ITG 1000;
Apuração de Balancetes Contábeis;
Elaboração do Balanço Patrimonial Anual;
Emissão de DRE, Livros Diário e Razão.

Fiscal

 Orientação e controle da aplicação dos dispositivos legais vigentes, sejam federais, estaduais ou municipais;
 Escrituração dos registros fiscais e elaboração das guias de informação e de recolhimento dos tributos Federais, Estaduais e Municipais;
 Registro dos Livros Fiscais.

Trabalhista

 Folha de pagamento dos empregados e de pró-labore, bem como das guias de recolhimento dos encargos sociais e tributos afins;
 Recibo de Férias, Rescisões Trabalhistas;
 Transmissão de GFIP, RAIS e DIRF.

Paralegal

Revisão da documentação legal vigente;
Controle de Vencimento de renovação dos alvarás do Corpo de Bombeiros e Sanitário
 Localização e de funcionamento.

*Consulte regras de contabilidade para MEI.

Planos:

MEI

a partir de:

R$ 700,00

ou em 6x de R$ 193,75 no cartão de crédito


Seu CNPJ em menos de 24 horas!
Sua empresa de forma fácil e descomplicada.
Saia da informalidade sem burocracia.

Serviço

a partir de:

R$ 1360,00

ou em 6x de R$ 375,00 no cartão de crédito


Seu CNPJ em até 7 dias!
Contrate um número ilimitado de pessoas.
Fature até R$ 4.800.00,00 por ano.

Comércio

a partir de:

R$ 1645,00

ou em 6x de R$ 303,33 no cartão de crédito


Todas as vantagens do plano serviço.
Abertura de empresa com Inscrição Estadual.
Venda para outros estados.

A abertura de empresas enquadradas no MEI é inteiramente gratuita, os planos e promoções divulgados, são referentes ao serviço de consultoria, viabilidade e cadastros para a abertura integral da sua empresa. Agende uma demonstração para saber mais. Consulte para abertura de filiais. Os planos apresentados não consideram os custos para dar entrada nos processos na Junta Comercial e na Prefeitura e emissão de Alvarás.

Tipos de empresa que abrimos para você: a. SLU (Sociedade Limita Unipessoal); b. Sociedade Empresarial Limitada.

*Para SA consulte nossos serviços de plataforma.

Inova Simples

O Inova Simples é um regime especial simplificado para inscrição de iniciativas disruptivas.

Conhecer

Informações importantes

Preencha 100% online o formulário com os seus dados, anexe os documentos solicitados e nossos analistas cuidam do restante do processo.

Nossos analistas vão acompanhar seu processo de abertura e prosseguir junto aos órgãos públicos e você será atualizado em relação a todas as movimentações.

Sua empresa é aberta e o CNPJ e demais documentos gerados ficarão registrados em nuvem para consultas futuras.

Perguntas frequentes

a. Seus dados pessoais (RG, CPF ou CNH, telefone, e-mail, endereço) e dos seus sócios (se houver);

b. Atividade econômica pretendida;

c. Natureza jurídica da empresa;

d. Porte da empresa;

e. Tenha em mente os detalhes das atividades que deseja desempenhar (para facilitar a apresentação de sua empresa no formulário);

f. Valor do Capital Social (valor investido na empresa);

g. Inscrição de IPTU do imóvel onde a empresa será instalada.

Caso não tenha certeza sobre essas informações, não se preocupe! A gente te ajuda durante todo o processo :)

Sem problema, te ajudamos a encontrar especialistas em endereços virtuais para empresas (este serviço é contratado a parte).

Esse serviço pode ser contratado no ato da abertura, mas existem custos mensais adicionais. Para manter o seu negócio regular mês a mês você precisa de um profissional contábil ao seu lado.

Nós realizamos a abertura de sua empresa em qualquer lugar do Brasil.

Sim. Realizamos todos os processos para deixar a sua empresa pronta para começar a vender.

Dúvidas sobre o MEI

O Microempreendedor Individual (MEI) é o tipo mais simples de empresa e foi criado pelo Governo para permitir que o pequeno empresário tenha fácil acesso a um CNPJ, por um custo baixo e sem burocracia. Ele deve atender às condições:

a. Faturamento limitado a R$ 81.000,00 por ano (receita bruta);

b. Não participar como sócio, administrador ou titular de outra empresa;

c. Ter no máximo um empregado;

d. Exercer uma das atividades econômicas previstas pelo MEI.

Para você se tornar MEI, é preciso:

a. Documentos pessoais (precisa ter RG, CPF e Título de Eleitor);

b. Endereço e um número de telefone;

c. Ser maior de 18 anos (ou ter entre 16 e 18 anos e ser emancipado);

d. Escolher uma das atividades permitidas pelo MEI.

a. Pessoa que seja titular, sócio ou administrador formal de outra empresa;

b. Pensionista e Servidor Público Federal em atividade;

c. Servidores públicos estaduais e municipais devem observar os critérios da sua região, que podem variar conforme o estado ou município;

d. Estrangeiro com visto provisório (formalizar apenas mediante apresentação do RNE – Registro Nacional de Estrangeiros).

Pode ter até 16 atividades diferentes cadastradas na sua empresa (1 como atividade principal e outras 15 atividades secundárias).

Algumas atividades comuns no MEI são: Pedreiro, cabeleireiro, comerciante de vestuário, comércio de restaurantes e bares, taxista, vendedor porta a porta, além de pequenos comércios e serviços.

Os principais documentos (CNPJ, a inscrição na Junta Comercial, no INSS e o Alvará Provisório de Funcionamento) são obtidos no mesmo dia, gerando um documento único, chamado de Certificado da Condição de Microempreendedor Individual - CCMEI. Não há a necessidade de assinaturas ou envio de documentos e cópias. Tudo é feito eletronicamente e sem necessidade de envio de documentos.

Como MEI, você não é obrigado a emitir Nota Fiscal, mas para fazer vendas a empresas pode ser necessário. Para isso, é preciso fazer o pedido da liberação no site da Prefeitura ou da Secretaria da Fazenda e depois ir até o posto protocolar a documentação e pronto: você poderá emitir NF pela internet! Nós lhe orientamos no passo a passo desse processo!

Não há problema algum, você poderá abrir o MEI mesmo se estiver com nome sujo.

Não há faturamento mínimo para o MEI, que pode continuar ativo mesmo que não efetue nenhuma venda. E o faturamento máximo é de até R$ 81.000,00 por ano, de janeiro a dezembro. O MEI que se formalizar durante o ano, tem seu limite de faturamento proporcional a R$ 6.750,00 por mês, até 31 de dezembro do mesmo ano.

Você só precisará pagar pelos serviços da Stegia, confira a sessão de Planos e Preços acima e as guias de impostos todos os meses, no valor aproximado de R$ 60 por mês.

a. Sair da informalidade sem burocracia e a um baixo custo;

b. Ter um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e acesso a produtos, serviços bancários e crédito diferenciado;

c. Poder emitir nota fiscal para outras empresas e para o governo;

d. Benefícios da previdência (INSS) como auxílio-doença, aposentadoria por idade e invalidez, salário-maternidade, pensão e auxílio reclusão.

a. Pessoa que recebe o Seguro Desemprego pode ser formalizada como MEI, mas perde a concessão do benefício no mês seguinte ao da formalização;

b. Pessoa que trabalha registrada no regime CLT pode ser formalizada, mas em caso de demissão sem justa causa, não terá direito ao Seguro Desemprego;

c. Pessoa que recebe Auxílio Doença pode ser formalizada, mas perde o benefício a partir do mês da formalização;

d. Pessoa que recebe o benefício do BPC-LOAS que se formalizar como MEI não perderá o benefício de imediato, mas poderá acontecer avaliação do Serviço Social que, ao identificar o aumento da renda familiar, comprove que não há necessidade de prorrogar o benefício ao portador de necessidades;

e. Pessoa que recebe aposentadoria por invalidez pode ser formalizada como MEI, mas perde a concessão do benefício;

f. Pessoa que recebe Bolsa Família: o registro no MEI não causa o cancelamento do programa;

g. Bolsa Família, a não ser que haja aumento na renda familiar acima do limite do programa. Mesmo assim, o cancelamento do benefício não é imediato, só será efetuado no ano de atualização cadastral.

Dúvidas sobre o Simples Nacional

O Simples Nacional é um regime tributário especial para empresas de micro e pequeno porte criado em 2006 para facilitar a vida do empreendedor.

Essa opção conta com um modelo simplificado de tributação, além de oferecer tabelas de alíquotas reduzidas de impostos, que progridem de acordo com o faturamento do negócio.

Com a criação desse regime tributário, o empreendedor passou a recolher os impostos em uma única guia mensal: o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS).

A DAS reúne os seguintes tributos:

a. Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) — o conhecido leão, mas na versão para empresas;

b. Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) — imposto federal que contribui com diversos serviços públicos, como a aposentadoria;

c. Programa de Integração Social (PIS) — contribuição que vai para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), para pagamento de benefícios como o abono salarial e seguro-desemprego;

d. Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins) — que arrecada fundos para áreas como assistência social, previdência social e saúde pública;

e. Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) — tributo que incide em mercadorias saídas de fábricas ou importadas;

f. Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) — tributo estadual para as empresas que vendem produtos;

g. Imposto sobre Serviços (ISS) — tributo municipal para empresas prestadoras de serviço;

h. Contribuição Patronal Previdenciária (CPP) — imposto federal que contribui para a manutenção da previdência social.

Sendo assim, o Simples é um regime tributário assim como o Lucro Real e o Presumido, no entanto com algumas vantagens e limitações. Nem todas as micro e pequenas empresas podem optar por esta categoria.

Esse regime tributário foi feito especialmente para os micro e pequenos negócios brasileiros. São três tipos de empresa que se enquadram no Simples:

a. Microempreendedor Individual (MEI);

b. Microempresa (ME);

c. Empresa de Pequeno Porte (EPP).

Esse regime tributário foi criado para facilitar a vida de micro e pequenos empreendedores, por isso ele traz algumas vantagens especiais.

Primeiro o DAS: basta uma única guia para fazer o recolhimento de 8 tributos, em vez de pagar diferentes documentos em prazos variados e acabar se perdendo no meio de tantas contas.

Segundo: a tributação progressiva baseada no faturamento. Esse sistema pode beneficiar quem está começando, contabilizando alíquotas menores que só vão aumentar à medida que o negócio crescer.

O custo médio para abrir uma empresa no Simples Nacional varia de Estado para Estado. O gasto com documentação aqui na Stegia pode variar de R$ 1360,00 até R$ 4500,00.

Além disso, há também os custos para dar entrada nos processos na Junta Comercial e na Prefeitura, que variam de acordo com a cidade. Porém, os valores costumam ser de R$ R$71 e R$351 na Junta, enquanto a emissão de alvará na Prefeitura pode variar entre R$120 e R$753 (lembrando que esses valores variam bastante de cidade para cidade).

Esse processo pode parecer assustador em um primeiro momento, mas calma! Vamos te ensinar passo a passo para você abrir uma empresa Simples — e da forma mais econômica possível 😉

O passo a passo básico para abertura de uma empresa no simples nacional é o seguinte:

a. Contratar a Stegia;

b. Escolher o tipo de empresa;

c. Escolher a natureza jurídica;

d. Definir o CNAE (Atividade);

e. Levar a documentação nos órgãos competentes;

f. Fazer a opção pelo Simples Nacional.

Dúvidas sobre o Inova Simples

O Inova Simples é um regime especial simplificado para inscrição de iniciativas empresariais que se auto declaram como empresas de inovação. A iniciativa tem o intuito de estimular a criação, formalização, desenvolvimento e consolidação das iniciativas empresariais inovadoras como agentes indutores de avanços tecnológicos e da geração de emprego e renda no País.

A Empresa Simples de Inovação é toda e qualquer iniciativa empresarial de caráter inovador inscrita no regime do Inova Simples. 

Além de ter um rito simplificado para inscrição da iniciativa empresarial, a obtenção de um CNPJ permite à empresa inscrita no Inova Simples mais facilidades de acesso a crédito perante instituições financeiras, comercialização dos produtos e/ou serviços em caráter experimental, e outras facilidades advindas da formalização do negócio, da mesma forma que os demais tipos empresarial.

O Inova Simples ainda permite que o exame dos pedidos de patente ou registro de marca perante o Instituto Nacional da Propriedade Industrial sejam realizados em caráter prioritário. 

a. Endereço da iniciativa empresarial;

b. Nome empresarial;

c. Nome fantasia (opcional);

d. Capital social (caso a iniciativa empresarial tenha) e forma de captação de recursos;

e. Atividades econômicas da iniciativa empresarial;

f. Escopo da intenção empresarial inovadora;

g. Forma de atuação da empresa;

h. Dados de contato da iniciativa empresarial (telefone, e-mail e CEP de correspondência);

i. Dados dos Integrantes (sócios e administrador) da iniciativa empresarial e informações relativas a cada integrante (CPF/CNPJ, qualificação e participação no capital social).

Nos termos do art. 4º, §§ 1º e 2º, da Resolução CGSIM nº 55, de 23 de março de 2020, a Empresa Simples de Inovação será constituída exclusivamente sob a natureza jurídica Empresa Simples de Inovação (Inova Simples), sendo vedada a transformação de natureza jurídica já existente para a Empresa Simples de Inovação.

Qualquer iniciativa empresarial que se considere uma startup, desde que já não tenha registro empresarial e inscrição no CNPJ, pode se inscrever no regime do Inova Simples. Entretanto, fica vedada a inscrição de startups e empresas de qualquer tipo empresarial que já tenham registro empresarial e inscrição no CNPJ.

Telefones

Confira nossos telefones e entre em contato.

E-mail

Envie dúvidas, críticas ou sugestões clicando aqui.

Sobre nós

Marketplace

Falar com um Analista

Acompanhar nossas novidades