CÓDIGO DE BOAS PRÁTICAS


  1. INTRODUÇÃO 

Este Código de Boas Práticas foi estruturado de acordo com os requisitos aplicáveis dos organismos de qualidade cuja qualificação é atualmente realizada pela Contratada.


  1. ESCOPO

A Stegia presta serviços a pessoas físicas ou jurídicas (denominadas “Cliente”). A Stegia pode prestar seus serviços diretamente ou, a seu critério, através de (a) seus próprios colaboradores, (b) qualquer empresa afiliada à Stegia ou (c) qualquer outra pessoa ou organização, desde que seja de confiança da Stegia. Onde parte do trabalho for contratado para outros, a Stegia detém plena responsabilidade por garantir, manter, estender, reduzir, suspender ou retirar a prestação de serviços e assegurar que acordos adequadamente documentados sejam firmados. A Stegia deve notificar a seus Clientes de quaisquer mudanças nos requisitos de prestação de serviços com antecedência razoável. 


  1. CONFIDENCIALIDADE

A Stegia mantém a confidencialidade em todos os níveis de sua organização com relação às informações recebidas durante o desenvolvimento do seu trabalho. Nenhuma informação será exposta a terceiros a menos que seja em resposta a processo legal ou a pedido de uma Contratada como parte do processo de prestação de serviços.

 

  1. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

Uma cópia do organograma da Stegia, mostrando a responsabilidade e a estrutura da organização são disponibilizados a pedido. 


  1. APLICAÇÃO PARA ORÇAMENTO 

Na solicitação de um novo projeto (providenciado pela Stegia a pedido), um orçamento é enviado ao Cliente descrevendo o escopo e os custos dos serviços. Uma vez retornado o documento de Venda e/ou Contrato de Prestação de Serviços, junto com eventuais pagamentos devidos e cópias controladas de documentos relevantes e amostras, o projeto será alocado para um consultor que será responsável por garantir que os serviços sejam executados de acordo com os procedimentos da Stegia.


  1. OBRIGAÇÕES DO CLIENTE 

A fim de obter e manter a qualificação dos serviços, o Cliente deverá estar em conformidade com os seguintes procedimentos e regras: 


(a) o Cliente deverá disponibilizar a Stegia todos os documentos, amostras de produtos, esboços, especificações e outras informações requisitadas pela Contratada para completar os eventuais processos e deverá apontar uma pessoa designada que seja autorizada a manter contato com a Stegia; 

(b) a Stegia, se não satisfeita que todos os requisitos foram cumpridos, deverá informar ao Cliente os aspectos relevantes para a rejeição do processo em questão; 

(c) quando o Cliente puder mostrar que ações corretivas foram tomadas por ele para atender todos os requisitos, dentro do limite de tempo especificado pela Stegia, este providenciará ao Cliente, com custos adicionais, somente das partes necessárias da avaliação;

(d) se o Cliente falhar em tomar ações corretivas aceitáveis dentro do limite de tempo estabelecido, pode ser necessária a repetição de todo o processo, sendo o custo adicional de responsabilidade do Cliente. 

(e) os Clientes deverão, quando solicitado, acomodar a presença de observadores durante os processos. Ex.: auditores ou consultores. 


  1. EXTENSÃO DE ESCOPO 

A fim de estender o escopo de um Contrato de Prestação de Serviços para cobrir projetos adicionais, o Cliente deverá solicitar um novo orçamento. O mesmo procedimento da solicitação descrito no item 5. APLICAÇÃO PARA ORÇAMENTO será seguido e um novo projeto será conduzido naquele escopo de prestação de serviços não cobertos anteriormente.


O custo da extensão do escopo dependerá do tipo e projeto de trabalho a ser feito.

Podendo este não ter custo quando identificado e comprovado que houve erro por parte da Stegia.


  1. MODIFICAÇÃO DE SISTEMA/PRODUTO

O Cliente deverá informar à Contratada, por escrito, de qualquer alteração no sistema de gestão, produtos, ou processo que possa afetar a conformidade com os padrões, normas e regulamentações implantados em projetos anteriores. A Contratada determinará se as mudanças comunicadas requerem um projeto adicional para o atingimento de uma qualidade inicialmente oferecida em contrato.


  1. PUBLICIDADE DO CLIENTE

Em conformidade com as regulamentações aplicáveis que regem as marcas relevantes, o Cliente pode tornar público que seu negócio (pessoas ou entidades (privadas, públicas ou governamentais) foi assessorado e pode imprimir a marca material de publicidade relativo ao escopo do projeto. Em qualquer caso, o Cliente deverá garantir que seus anúncios e material de propaganda não gerem dúvida ou possa de alguma forma, confundir terceiros sobre serviços e soluções da Stegia.


  1. RECONHECIMENTO DE INFORMAÇÕES CONCORRENTES

A Stegia, a seu critério, geralmente reconhece os documentos emitidos por outras organizações desde que isso não comprometa a integridade e qualidade de um projeto de prestação de serviços.


  1. RECLAMAÇÕES 

Se alguém tiver algo a reclamar a Stegia, a reclamação deverá ser feita por escrito, sem demora, e endereçada ao Atendente da Contratada. Se a reclamação for feita contra o Atendente, a carta do reclamante deverá ser endereçada ao Diretor da Stegia. A reclamação deverá ser reconhecida por escrito após o recebimento. A reclamação então será investigada de forma imparcial pela Stegia e encerrada após conclusão satisfatória da investigação. Após o encerramento, o reclamante será informado da conclusão da investigação. 




A STEGIA SE RESERVA O DIREITO DE ADICIONAR, EXCLUIR OU MODIFICAR ESTE CÓDIGO DE BOAS PRÁTICAS SEM PRÉVIA NOTIFICAÇÃO. A MENOS QUE, DE OUTRA FORMA EXPLICITAMENTE CONCORDADA, POR ESCRITO, TODOS OS SERVIÇOS SÃO PRESTADOS DE ACORDO COM AS CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DA STEGIA DO BRASIL LTDA. EM CASO DE CONFLITOS COM QUALQUER OUTRA PROVISÃO, O ÚLTIMO DEVERÁ PREVALECER.